Terça-feira, 20 de Setembro de 2005

No Limbo...

6.jpg

11.jpg






Beijos envenenados!!

CA2NQP21.jpeg






Cicuta

publicado por Cicuta às 20:46
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 15 de Setembro de 2005

Perdida ?!

perdida.jpg


Tinha muito tempo que não o fazia!

Vestiu-se e apanhou um taxi!

Não conversou com o motorista como era seu costume, foi quieta a olhar a noite pela janela, noite quente, abafada.

Percorreu as ruas tão conhecidas passou pelos bares mas nunca se deteve nem olhou para ninguém, tinha um rumo os seus saltos altos finíssimos dirigia-se para o que a fizera sair de casa naquela noite.

O mundo é pequeno e Lisboa uma aldeia!

Entrou no bar que tão bem conhecia, vária recordações tentaram atropela-la mas como num filme ela conseguiu evita-las fugindo. Fugir é aquilo que melhor sabe fazer na vida!

Beijou o dono do bar e caiu nos braços da Amiga que não via tinha muito tempo, mas que era daquelas que não era preciso ver!

Beijaram-se e abraçaram-se, como amigas, mulheres e muito mais....

O dono do bar ria pois conhecia-as ambas, mas não fazia ideia que elas se conheciam. E no bar dele estava uma exposição de fotografias da amiga!

Chegaram mais amigos da amiga uns já conhecidos, outros novos e por entre risos e “margaritas” a noite foi-se compondo.

Foram “bocas” giras que se ouviram mas ela não lhes deu grande atenção, recebera entretanto uma sms de uma outra amiga que fizera anos e respondera a agradecer o ela ter-se lembrado.

Claro que fez o nunca deveria ter feito mas como é tudo, erramos!

A noite correu sem problemas e chegou a hora de voltar para casa!

Boleia pronta tudo pronto apenas um problema ela estava sóbria, demasiado sóbria, consciente e fria!

Recusou a boleia saiu do bar e perdeu-se nas ruas, entrou em vários bares sozinha, o que não era seu costume, entrou e bebeu!

Recebeu propostas, honestas e desonestas, bebeu, bebeu, mas não conversou, viu pessoas conhecidas mas fez de conta que não as viu, ela não era ela era outra pessoa!

Andou por ali durante muito tempo, sem rumo, sem pressas, sem Alma, sem coração!

Estava de preto, como a sua Alma, o seu coração, o seu passado, presente e o seu futuro, mas preto é lindo é mistura de cor ou ausência de cor já não se lembrava! Tanta coisa que não se lembra e tanta coisa que quer esquecer...

Por fim entra num bar... locar estranho de aspecto duvidoso, mas tanto faz é só mais um local mais um espaço com gente suada e bêbeda que estão tão perdidos como ela!

Lá dentro é escuro, acanhado, mal entra sente falta de ar e o cheiro que a invade não é dos mais agradáveis é cheiro a gente mas gente degradada, cheiro de sexo barato, bebidas rascas, cheiro de fim do mundo!

Quando ela entra todos olham, pudera... deve ter sido a coisinha melhor que ali entrou nos últimos anos! Mesmo “velha” ela é linda a comparar com aquelas miúdas a quem a vida tirou tudo, a frescura a beleza e até a verdadeira cor do cabelo.

As suas caras são máscaras pintadas, dá a ideia que se tocarmos encontramos um local para retirar a máscara inteira como num Kabuki...

Eles são velhos nojentos e os novos são tristes e feios com o peso da desgraça e da imundice em cima por muito que façam nada daquilo desaparece, nada nem ninguém os vai conseguir mudar! Só de sorrirem são ordinários e nojentos.

Mas ela fica firme como se pode julgar sem conhecer o outro lado?!

Como será aquele lado tão estranho, diferente, em que não existe champanhe nem morangos nem Sushi, mas sim bebidas rascas e cheiro a suor, palavras ordinárias, e alguns euros no final...

...............

Ao nascer do dia ela volta para casa, telefona para o trabalho, não, não vai trabalhar.... tem muito em que pensar.....






Cicuta

publicado por Cicuta às 15:25
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
|
Domingo, 11 de Setembro de 2005

Canibalismo?! (Reposição)

esperote.jpg


Gostas de mim?

Então prova-o!

Amarra-me e faz comigo aquilo que mais ninguém se atreveu!

Amarra-me como se de uma fera se tratasse!

Mas não me dês anestésicos!

Quero estar consciente!

Quero rugir!

Quero tentar virar-me a ti!

Matar-te se possível!

Isso, prende-me as mãos e as pernas!

Prende-me os cabelos para que a minha boca não vá muito longe!

Agora o teu trabalho é dar-me prazer!

Cansar-me de prazer!

O suficiente para que quando me desamarres eu não me vingue de ti!

Isso, agora dança para mim!

Masturba-te para mim!

Sabes que sou de orgasmos difíceis!

Hoje quero pelo menos 2!

E nenhum com a minha intervenção!

Como vais fazer?!

Como já tens feito, mas nunca sob pressão!

É engraçado, eu sou a presa tu o caçador!

Mas estás mais acossado do que eu!

Isso, manda em mim!

Mete as mãos, deita a cera que eu tanto odeio, não que queime, mas irrita-me!

Agora quero que te masturbes para eu ver!

Sabes como adoro ver-te!

Adoro quando a tua descendência salta e eu a engulo, sinto-me antropófaga...

Será isto um tipo de canibalismo?!

Não sei, nem me interessa gosto de sentir o teu sabor acre e morno que me desce pela garganta!

E não penses quem é sempre assim, existem “descendências” que sabem muito mal, até apetece vomitar!

As tuas são boas!

Do mesmo modo como gostas da minha “seiva” dizes que te dá prazer e que conhecerias o meu cheiro em qualquer lado...

Eu conheço o teu e como sabes também gosto de mulheres, ai de ti que um dia prove uma que saiba a Ti!

Por isso já sabes, fode por fora o que te apetecer mas toma grandes banhos, tira o cheiro delas de ti!

Que fazes agora?

Ahhhh gosto da ideia, gosto mesmo muito!

Não aprecio morangos mas comeres um desse sítio isso é diferente...

Lindo, agora foste buscar o gelo, aquele gelo especial!

Eu bem te disse que fazer o molde do teu “amigo” ia ser lindo!!!!

Mete os dois isso!

Bom!

Agora o de gelo atrás e o teu dedo na frente!

O quê? Não sejas parvo!

Com o teu dedo estimula a tua glande!

Isso, meu....

Isso!

Agora lambe como só tu sabes!

Faz o que já fizeste!

Mas não pares com as mãos!

O c.... mete-o onde de apetecer, mas eu ai quero língua!

A tua língua mágica que me fez ter o maior orgasmo da minha vida!

O que mais podes fazer???

Tudo o que nos dê prazer!

Isto vale para nós e para os outros todos que estão de ouvido encostado na parede a ouvir!

Amar é bom, mas amar e foder é bem melhor!

Quando se encontra alguém para as duas coisas!


“Bordel” como dizem os Franceses!!!!!









Cicuta

publicado por Cicuta às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|
Terça-feira, 6 de Setembro de 2005

Loucos

1.jpg 3.jpg5.jpg image.jpg





Ele Dorme descansado entregue num sono calmo e confiante!

O sono de quem não tem remorsos nem dúvidas!

O sono de quem é homem!

Deitada a teu lado, ela fixa o tecto como se só o seu olhar o mantivesse no sítio!

Como se ao mínimo desvio tudo ruísse em cima dos dois!

Será que ainda o quer o será que já não?!

Será apenas uma rotina, mais uma?!

Não, não pode ser! Ela odeia rotinas!!

Mas o cigarro não é uma rotina e sim um vício, será ele um vício?! Talvez...

De repente desvia os olhos do tecto e este não cai! Olha para cima e depois para ele, continuam ambos imóveis!

Com cuidado destapa-o e fica a ver o seu corpo nu!

Peito bonito, pernas bem torneadas, cintura vincada e aquele pénis lindo, sim porque o pénis dele é lindo, coisa que a grande parte dos homens não pode dizer o mesmo. Ela acha que é mesmo a “coisa” mais bonita e perfeita que ele tem!

O cabelo dele também é bonito, cor de mel e liso a tocar-lhe nos ombros. É bom para ela se agarrar em certas alturas....

Aliás eles têm a “mania” de se agarrarem pelos cabelos quando o orgasmo se aproxima!

Ele mexeu-se e virou-se de barriga para baixo.

Ela levantou-se e foi abrir uma gaveta, tirou de lá de dentro umas tiras de seda vermelha e calmamente atou-lhe as pernas e os braços há cama!

Foi buscar o óleo e sentou-se em cima do rabo dele, languidamente começou a massaja-lo com as mãos e o peito, lentamente ele foi despertando!

Despertou primeiro em baixo e só depois em cima, quando se sentiu amarrado, não achou muita graça! Sempre fora o contrário!

Todo o corpo dela o tocava e uma das mãos tocou-lhe no pénis agora grosso o suficiente para lhe encher a mão!

- Desata-me e eu digo-te como é!!!

Ela nem resposta lhe deu, apenas enfiou o dedo no cu dele, no começo ele retraiu-se, mas o óleo facilitava e ele teve de concordar que era bom!

Os movimentos dela por cima dele obrigavam-no a roçar o pénis na cama e de encontro à mão côncava dela!

Por vezes o dedo dela tocava-lhe a glande e ele estremecia!

Ela fê-lo prometer que estava quieto e obediente pelo menos uma vez na vida!

Ele concordou, e ela soltou-o mas apenas para o virar para cima e o atar de novo!

Sentou-se na cara dele e "afocinhou" nele, enfiou-o pela garganta abaixo até quase deixar de respirar! Ela sabia que ele adorava isso.

Ele agarrou-a pelos cabelos e cada vez enfiava mais e mais, até que se veio de tal forma violenta e abundante ela nem lhe sentiu o gosto de tão fundo que estava que quase a sufocava! Fora uma experiência estranha e profunda, nunca tinham ido tão longe...

Ela só o retirou da boca o tempo necessário para retomar a respiração e abrandar o ritmo cardíaco!

Ele beijou-a na boca como se ela lhe fosse fugir e de seguida afundou a cara entre as pernas dela! E ele estava novamente pronto, como se nada tivesse acontecido!

Ela beija-o e lambeu-lhe os tomates, mordiscou-lhos, afagou-lhos, tocou-o centímetro por centímetro...

Foram-se sorvendo em pequenas gotas e assim alimentaram a Alma e o Desejo e até um pouco o Coração!

E assim ficaram ninguém sabe por quanto tempo, mas durante esse tempo são só um do outro, tudo o resto não existe, nem tempo, nem gente, nem leis, nem mágoas, nem rotinas, nem coisa nenhuma e por isso o tecto ainda se mantinha no mesmo lugar!






Cicuta

publicado por Cicuta às 15:24
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|

*mais sobre mim

*pesquisar

 

*tradutor / tranlater

*posts recentes

* A noite

* Depois dos 50...

* A melodia do desejo…

* Lingerie para Sereias & n...

* Asfixia

* Oração das Mulheres Resol...

* Eternos

* O Primeiro Amor

* Voltar a trás...

* Sonhos?!

*arquivos

* Agosto 2013

* Maio 2011

* Abril 2011

* Agosto 2010

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

*tags

* todas as tags

*favoritos

* nem cornos, nem sacanas

*links

* Martini in the Morning

*Envenenados:


Contador Grátis

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

*subscrever feeds