Quarta-feira, 6 de Abril de 2005

A Despedida de Solteira ou a Teia?!

web.jpg

Cheguei a casa da Noiva na véspera do Casamento!

A despedida de solteira tinha sido na véspera, eu não fora!

Tínhamos combinado que a “nossa” despedida seria especial, alias como era toda a nossa amizade!

A sala tinha as janelas abertas deixando entrar as mil e uma luzes da cidade, as cortinas de tule transparente, verde-esmeralda esvoaçavam soltas rodopiando como bailarinas ébrias!

O chão de longas tábuas de soalho antigo estava quase todo coberto por um tapete de origem oriental em tons beije e preto.

Em cima dele estavam dispostas 3 grandes bandejas de latão trabalhado em cima das quais estavam as mais variadas iguarias…

Caviar, negro e vermelho, ostras, gambas, ouriços-do-mar, vieiras recheadas!

Carne em sangue cortada em finas fatias e disposta em folhas de vinha, vários tipos de comida japonesa!

Taças com mel e nozes, doce de ovos, mousse de chocolate, morangos, cerejas, melancia…

Havia também 3 ou 4 “frappés” com Champanhe estrategicamente dispostos pela sala!

A sala era ampla e a “dividi-la” tinha duas escadas de caracol em ferro, que não davam para lado nenhum…

Quer dizer dar davam, dependia da imaginação de cada um!

Do tecto estavam suspensas cadeiras de vime e um pequeno “trapézio”!

Ela estava vestida de corpete justo, que lhe marcava a cintura bem feita, saltos bem altos e meias de seda, das antigas com costura a trás!

Eu despi o casaco e fiquei de lingerie, não tão justa, o corpo já não permite, mas de saltos bem altos, com as minhas lindas pernas em destaque e nos braços umas “mitennes” de cano bem alto!

Abrimos o champanhe e brindamos ao casamento, ao dela, claro!

Bebemos calmamente e demos comida uma à outra na boca, lambemos os dedos uma da outra, beijamo-nos!

Lambi-lhe o mel do peito e comi-lhe a noz que ela colocara na vagina! De seguida bebi muito champanhe, odeio doces!!!

Comemos caviar e ostras dos sitios mais improváveis...

Não, não vos vou contar! Puxem pela imaginação...

Já estavamos muito alegres e descompostas, ou talvez mais “nós”, quem sabe?! Quando tocam à porta.

Era o resto da prenda da despedida de solteira dela, o Noivo!

Sim o Noivo!

A surpresa ia ser mais dele que dela, mas enfim...

Eu explico!

Ele era do mais assanhado possível, o maior desgosto dele era que a noiva além de virgem era certinha, atinadinha…

Ele amava-a profundamente mas tinha aquela mágoa terrível!

Pois então entra o Noivo!

Abrimos-lhe a porta e não nos vê, entra na sala e a boca fica teimosamente aberta e o olhar arregalado!

Atenção, que ele sempre a visitou na casa dos Pais!!!!

Ela entra na sala e ele mais espantado fica, primeiro fica ofendido!

O seu orgulho de “macho” ferido…

- Fui enganado, andaste a brincar comigo!!

A seguir entro eu!

Ele senta-se com ar derrotado!

- ???

Calmamente ela conversa com ele e explica o que tem a explicar, se é que tem a explicar!

Para mim não tem, mas isso sou eu!

Homens são muito complicados, “preso por ter cão, preso por não ter".

Mas ele é Homem gosta dela e uma coisa ele pode está completamente certo, em todo o tempo de namoro dos dois ela só “brincou” comigo, ele foi o 1º Homem por quem ela se apaixonou, vai ser o seu 1º Homem!

1º Homem, palavra mágica!!!!!

Todo ele sorrisos…

- Minha querida, meu amor!

Ela diz-lhe que hoje ele vai poder brincar participar mas que eu também vou entrar!

Até os olhinhos lhe “luziram”

- Só tem uma coisa ela “entra” também!

- Por mim tudo bem.

Diz com aquele ar que os homens dão quando querem fazer de conta que não deram muita importância ao caso...

Beija-o e dá um gole de champanhe para em seguida mergulhar a sua boca no membro erecto!

Eu sento-me numa das cadeiras de vime e observo com ar descarado!

O ar dele é de espanto, tesão e puro prazer!

Ele desaperta o botão das calças e despe-as, tendo o cuidado de tirar as meias! MUITO IMPORTANTE, num Homem, o saber que tem de tirar as meias!!!!

Ela deita-se e chama-me!

De seguida diz-lhe para ele:

- Monta-a, fode-a, dá-lhe prazer!

Ele cada vez mais incrédulo, olha para ela e depois para mim…

Eu sorrio e dou-lhe um beijo a ela!

- Tou no paraíso diz ele!!!!!

- Tens a certeza que posso mesmo?!

Ela beija-me e aperta-lhe os tomates em tom de anuência!

Ele começa a beijar-me o corpo e vira-me costas, ela vai buscar uma almofada e coloca-a debaixo do meu ventre de modo a que o meu rabo fique bem “alçado”, bem a jeito!

- Dá-lhe champanhe, rega-a, ela adora champanhe e não te esqueças do gelo!

Ele cumpridor obedece!

Enquanto ele me “come” por detrás eu “bebo-a” pela frente e eles beijam-se e deixam escorrer fios de champanhe gelado misturados com as suas salivas mornas em cima das minhas costas!

Ele vem-se com uma fúria terrível e ela malandra, tira-lha o pénis de dentro de mim e faz com que o seu sémen se misture com o champanhe e suor no meu corpo!

Ele está louco e atónito ao mesmo tempo e quando ela se baixa e me começa a lamber as costas e de seguida a dar-me beijos na boca, ele fica imediatamente duro e teso novamente!

- Agora eu, eu quero foder-te, já e agora!

- Não querido, antes do casamento não!

- Mas?!

- Dá-me de comer, lambe-me, penetra-me no cú mas na frente, não!

E assim se fez ele enterrou-lho por detrás, com calma muita calma, eu ia colocado o gel lubrificante para ajudar, ela gemia e ficava molhada na frente, ele passava e metia o dedo!

Quando levava o dedo à boca gemia e devagar foi entrando até estarem perfeitamente encaixados.

Anda cá tu também, pediu ele, o que podes fazer mais por nós?!

Suavemente, oleei um dedo e gentilmente meti-lhe um dedo no cú, ele primeiro estranho, mas depois do espanto inicial veio o prazer e com uns pequeninos movimentos e uns toques em determinados locais, ele teve um orgasmo fantástico (segundo ele), e ela também!

A noite continuou no meio de comida, bebida, sexo e explorações diversas.

Ele foi embora feliz, eu dormi lá!

No dia seguinte a Noiva entrou radiosa na Igreja, eu sou a sua Dama de Honor!

No altar o Noivo espera-a, impaciente!

Impaciente e sorridente!

No banco a Mãe da Noiva chora comovida por sua filha casar virgem e o Pai qual pavão olha para o compradre com ar orgulhoso de "missão" cumprida!

Se todos os Casamentos fossem assim, as pessoas casavam mais!!!!





Cicuta Doce



Et: A meio do Copo de Água recebi um envelope em nome dos dois. Um bilhete de avião para ir ter com eles a Bora-Bora…

Let’s Go!!!

publicado por Cicuta às 18:52
link do post | comentar | favorito
|
12 comentários:
De cicuta a 13 de Abril de 2005 às 12:46
Minete Real Bora!!!! Mas vamos os três pois sei que é casado!!!! Malandrinho....
Do resto nem comento


De cicuta a 13 de Abril de 2005 às 12:44
Pale Gold Snake LIVRA-TE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Não te deixamos voltar cá!!!!!!


De cicuta a 13 de Abril de 2005 às 12:43
Zuco também adoro percebes... e são tão eróticos!!! Mas nem todos gostam. É tão bom mete-los na boca trincar e chupar... Aiiiiiiiiiii
Beijos com sabor a mar!


De cicuta a 13 de Abril de 2005 às 12:41
Laoutrachicamanita pelo penos não corriam o perigo de se aborrecerem um do outro...


De cicuta a 13 de Abril de 2005 às 12:39
Infiel eu até que acho graça...não vou a nenhuma tem anos. Talvez por isso!


De cicuta a 13 de Abril de 2005 às 12:38
morena homens nús e de meias é de fugir... Nem o Adónis aguentava!!!!! Beijo


De MINETEREAL a 7 de Abril de 2005 às 18:50
Uma lua de mel..do mais original que ja ouvi falar. Só me resta dizer á cicuta...então!! BORA?
Bora comigo:)))
Beijocas..ahhh e ja comprei umas meias brancas com raquetes pq as que tinha estavam demasiado gastas no calcanhar e ja tinha um dedo de fora :)



De Pale Gold Snake a 7 de Abril de 2005 às 16:17
Ahahahah... gostei do bilhete de avião... era preciso tds terem uns gandas tomates!... Sim senhora, gostei e foi-me bastante excitante tb! E confirmo que a cena no dedo realmente dá uns orgasmos fantásticos! LOLADA!!! Qts às meias, minhas queridas, há meias e meias... uma meiinha branca c/ raquetes é um clássico que não se dispensa! AHAHAHAHAHAHHAAH... só falta o slip, bigode e corrente de ouro ao peito!... Eheheheheh... Fdx... ka T, mas a culpa não é só tua Cicuta... Beijo para ti e para a outra "culpada"! (Tu sabes quem és!)


De Zuco a 7 de Abril de 2005 às 14:33
Claro que 3 meses depois estavam divorciados... para voltarem a casar e terem mais umas despedidas! Muito gostas tu de rosbife e ostras. Claro para não falar no já tradicional e biblico mel e nozes. Mas acho bem, que sempre é uma variante aos enfadonhos morangos que toda a gente usa depois da Julia fazer de Pretty Woman.


De LaOtraChicaManita a 7 de Abril de 2005 às 10:56
Oh minha querida... grande despedida de solteira e grande lua-de-mel se perspectiva! Que posso eu dizer acho mesmo que muitas são as vezes em que três é mm a conta que Deus fez.ehehehehe. Este é sem dúvida um relato que dá vontade de "comer"... "peixe" ou "carne"? Tanto faz, pode mesmo ser uma "refeição" combinada. Beijosssss.


Comentar post

*mais sobre mim

*pesquisar

 

*tradutor / tranlater

*posts recentes

* A noite

* Depois dos 50...

* A melodia do desejo…

* Lingerie para Sereias & n...

* Asfixia

* Oração das Mulheres Resol...

* Eternos

* O Primeiro Amor

* Voltar a trás...

* Sonhos?!

*arquivos

* Agosto 2013

* Maio 2011

* Abril 2011

* Agosto 2010

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

*tags

* todas as tags

*favoritos

* nem cornos, nem sacanas

*links

* Martini in the Morning

*Envenenados:


Contador Grátis

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

*subscrever feeds