Sábado, 4 de Março de 2006

Mulher!!!!

amantes32.jpg


Ela era apenas uma mulher uma mulher como tantas!

Fora mãe e a vida passara por ela como pela de tantas outras!

Uns dias melhores outros piores!

Deixara marcas boas e más!

O seu rosto tinha algumas rugas e seu corpo antes perfeito e bonito estava agora menos bonito!

Quando se olhava no espelho, não gostava do que via, engordara e isso não ajudava!

Mas não deixara de ser mulher!

Numa noite vestiu-se para sair, estar em casa não ajudava, vestiu mil e uma roupas até encontrar uma que lhe servisse e a fizesse sentir “sexy”, não propriamente, mas mais Mulher!

Foi ter com as Amigas e foram sair, foram jantar e depois a um bar!

Divertiu-se e para grande estranheza sua atraiu olhares!

Um garboso jovem esteve toda a noite a trocar olhares cúmplices com ela e ela mulher experiente parecia uma criança sem saber o que fazer!

As amigas incitavam-na, ela recuava, ele avançava....

Ele tinha bom aspecto e era persistente...

A meio da noite avançou para a mesa delas e pedindo autorização às amigas convidou-a para dançar.

Ela tentou recusar, mas os olhares fulminantes delas e o olhar carinhoso dele fizeram com que aceitasse!

No final as amigas convidaram-no para a mesa e ele aceitou! Ela fulminou-as com o olhar!!!

Ele era agradável, conversador, culto e divertido!

No final da noite todas tinham desculpa para não a poderem levar a casa... ele amavelmente ofereceu-se!

Contrariada e a resmungar (mais de medo do que de outra coisa) ela aceitou.

Ele levou-a a casa e conversa puxa conversa ela só deu por ela com as palavras a saírem-lhe da boca.

- Suba e beba qualquer coisa, é o mínimo que posso fazer por tanta gentileza!

Ele subiu e gostou da casa, o cão achou logo que ele era o melhor amigo do mundo...

Cães!!!!!!!

Tiveram que ir passear o animal que de tanta excitação começou a fazer xixi...muito romântico, mas ele não via um homem naquela casa fazia “séculos”!

Quando voltaram ela preparou 2 bebidas e ele foi por música como se conhecesse bem a casa, os homens têm uma lata!

Conversaram até o sol despontar e foi aí que as coisas aconteceram!

Ele beijo-a ao de leve e ela encostou-se ale como se o conhecesse desde sempre.

Devagar foram explorando os corpos um do outro com as mão com as línguas, cheiraram-se e beijaram-se, mas tudo com calma e ternura.

As roupas foram saindo e a pele foi ficando há vista, macia, cheirosa, os corações palpitavam ele ficou hirto e ela húmida e os cheiros cada vez mais fortes!

Passaram do sofá para o chão e devagar começaram para irem evoluindo para uma acto cada vez mais animal!

Ele não se importou com a opulência dela, acho que nem ela já se lembrava disso, eram apenas dois seres que procuravam prazer, amor, sexo!

Quando ela atingiu o orgasmo sentiu-se a Mulher mais bonita na face da Terra...

Ficaram nisto até bem tarde, nem fome tinham. Nos intervalos ele deitava a cabeça na barriga dela e conversavam enquanto se afagavam um ao outro!

Pelas 15:00h ela foi fazer um lanche e pensou que ele se ia embora, mas não, comeram, beberam um champanhe que havia no frigorifico e continuaram por toda a noite entre uns petiscos feitos por ele e por ela.

No dia seguinte tomaram banho juntos, fizeram amor novamente. Ele vestiu-se beijou-a e saiu.

Ela sentou-se na varanda a ver o rio, sem pensar, ficou apenas a ver o rio e o sol a brilhar!










Cicuta

publicado por Cicuta às 21:09
link do post | comentar | favorito
|
10 comentários:
De Alexandre a 3 de Abril de 2006 às 19:10
Descobri este blog em Novembro de 2005, e desde logo tenho-me fartado de o aconselhar a todos que julgo gostarem e vibrarem com os teus maravilhosos textos. Fenomenal, adoro, e há poucos dias que passam sem uma visita minha, há sempre algo para ler, reler, imaginar, vibrar. Muito, muito bom.


De http://shakermaker.blogs.sapo.pt a 13 de Março de 2006 às 10:38
Ora viva Cara Cicuta... Bom, talvez seja por isso que dizem que a vida são só dois dias. Por mim, são bastantes mais, embora com pessoas diferentes para não enjoar, claro está. Pelos vistos a Cara Cicuta ainda não é beta, que pena, sinto-me tão sozinho na nova plataforma, sniff sniff! Um abraço... SHAKERMAKER


De Carlos a 11 de Março de 2006 às 10:22
Hoje não quero ser

a mulher forte, de atitude

a leoa ,sedutora

a que luta, defende,

conquista,

consola, abriga...

Hoje eu quero deixar que

a mulher sensível, delicada,

romântica, frágil...

seja vista e sentida!

Quero um carinho, um abraço,

um colo...

Quero braços que me

envolvam

protejam, abriguem.

Quero um corpo onde possa

me aconchegar;

um ombro para poder chorar,

uma mão que acaricie

meus cabelos,

olhos que vejam as lágrimas

rolarem no meu rosto

quando falo dos meus

temores, medos ...

uma boca que me diga palavras

de animo e esperança

e que me beijem com

amor e tesão!

Quero olhos que vejam minha

fragilidade,

que me admirem por ser delicada

e que não desejem que eu

tenha que ser forte

o tempo todo!

Quero ser admirada, notada,

e quero que me queiram

por também ter um lado frágil.

Quero que me admirem por ser

mulher na total essência,

não só o lado leoa, mas

o lado beija-flor e também flor!

O lado que necessita do outro

que também precisa receber!

Quero hoje a fragilidade de ser

Mulher !!!



De Cal a 9 de Março de 2006 às 02:52
Feliz Dia das Mulheres.Vocês merecem


De Ronin a 8 de Março de 2006 às 20:23
Venho dizer-te que mesmo que todos os dias são para mim o dia da mulher, existe uma homenagem, hoje em especial, em meu diário para você! Fique em paz!


De Mestrinho a 8 de Março de 2006 às 17:36
Olá! Passei aqui para deixar um poema.. Isso, força, não é só hoje que é o teu dia, afinal são todos.

"No músculo nu que se movimenta, escaldante .
Serpentina, à inércia do toque, com jeito de prosa
A tua beleza cai-te como uma luva,
veste-te somente de ti, Mulher vaidosa.

És ponte que liga duas margens, do eu ao tu
És a flor mais atraente do jardim
Perco-te em volta de grande mistério
E para nomear-te, chamo-te Jasmim

Um coração bem cultivado.
É o perfume gratificante, fruto de ti.
O Jardim precisa desse perfume.
Nestas palavras foi onde cai.

Estas emoções espreguiçam-se no meu corpo.
Penteia-te cem vezes Mulher vaidosa.
E é no espaço do corpo que sinto essa força da aceleração.
Sorri na seiva da minha prosa.

Prepara-te para o amor e agora
Cultiva-te na tua realidade,
Nunca te esqueças da sonhadora
E da sua singularidade." © Mestrinho

Bjos


De Kaluxa a 7 de Março de 2006 às 01:21
Olá LINDA!!!
Acho que essa fantasia se tornou realidade...Hum...fico feliz por ti...bj de saudades...ai ai ai ai...bj grande


De Ricardo a 7 de Março de 2006 às 00:00
Fui passear para Cabo Verde? O que te deu essa ideia?beijo doce para ti tb*


De Ursinho a 6 de Março de 2006 às 16:03
Fantasia ou realidade? Talvez uma fantasia que se quer e/ou deseja realidade... Beijinhos dos Ursinhos


De Maria Papoila a 5 de Março de 2006 às 21:38
Cicuta, tinha saudades tuas! Ando muito ocupada. Vivi esta tua história quase por dentro. Obrigada pela tua visita. Beijo


Comentar post

*mais sobre mim

*pesquisar

 

*tradutor / tranlater

*posts recentes

* A noite

* Depois dos 50...

* A melodia do desejo…

* Lingerie para Sereias & n...

* Asfixia

* Oração das Mulheres Resol...

* Eternos

* O Primeiro Amor

* Voltar a trás...

* Sonhos?!

*arquivos

* Agosto 2013

* Maio 2011

* Abril 2011

* Agosto 2010

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

*tags

* todas as tags

*favoritos

* nem cornos, nem sacanas

*links

* Martini in the Morning

*Envenenados:


Contador Grátis

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

*subscrever feeds