Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2006

Nevoeiro...

nonevoeiro.jpg mulhernonevoeiro.jpg sonhononevoeiro.jpg




De olhos postos no horizonte, mas sem nada ver...

O nevoeiro envolve-a como um manto...

Tapa-lhe a nudez do corpo e da Alma...

Nessa noite o nevoeiro será o seu Amante!

Apenas o nevoeiro e os contornos pouco nítidos das coisas.

Serão rochas, serão montes, serão, árvores?!

Nem os cheiros são um só, cheira a nevoeiro...

O nevoeiro e a neblina têm um cheiro muito próprio, cheiram a mistério a passado e a futuro, nunca a presente...

Do nevoeiro sai excitação, tesão e solta-lhe a imaginação, a libido!

Ela está só mas ao mesmo tempo tão acompanhada, tão sexualmente acompanhada, acariciada, pela sua mente os pensamentos correm freneticamente eróticos, entrando por vezes nas raias do pornográfico...

São mil mãos e mil bocas que a desejam, mil corpos quentes que suspiram pelo seu!

Peitos erectos, barrigas lisas, vulvas semi-depiladas, mãos fortes, pénis erectos, ombros fortes, línguas várias que lhe percorrem o corpo todo...

Os cheiros deles e delas, o sabor ao leite de peito mistura-se com o cheiro do nevoeiro e é um cocktail de cheiros, de sabores...

O tempo passa e ela fica no meio do nevoeiro e o nevoeiro no meio dela!

Ela é apenas uma Mulher sentada no meio do nada a observar o nevoeiro...













Cicuta

publicado por Cicuta às 15:58
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De shakermaker.blogs.sapo.pt a 27 de Janeiro de 2006 às 19:50
Ora viva Cara Cicuta... Eu gosto de nevoeiro, principalmente quando o vejo da minha janela sobre a Marginal. Gosto de conduzir quando está nevoeiro, percorrendo cada metro com o máximo de atenção e sempre cauteloso com o que me pode surgir pela frente, mas gosto. Tal como também gostei deste seu texto, muito bom mesmo. Devo dizer-lhe que isto está cada vez melhor... As palavras transportam uma sensualidade terna mas ao mesmo tempo directa, e tudo isto num constante equilibrio na narrativa, mas também na leitura. Um abraço... SHAKERMAKER


De flossi a 23 de Janeiro de 2006 às 13:31
Eu, sei, sou danadinha para a brincadeira ;-)
Mas tb. é verdade que não tinha piada anunciar que reexisto on line sem ter nada de objectivo para dar, né? Beijinhos (e já agora explica-me lá qual é o html para criar o fundo em mosaico que tens no teu blog, e onde é que se coloca no template, se não for pedir muito...desde já agradecida)


De Carlos a 20 de Janeiro de 2006 às 07:18
tanto amor retido .... contido ..... Sai do nevoeiro .... agarra o sol .... tem luz ... tem calor .....


De calipso a 19 de Janeiro de 2006 às 16:04
Sai do nevoeiro e procura o raio de sol que te vai beijar a pele e queimar te de desejo. Um beijo doce!


De Fonseca Loff a 19 de Janeiro de 2006 às 12:58
Já tinha passado os olhos por este texto, mas não o tinha LIDO mmo... Soberbo - é a palavra - sente-se o que Ela sente... Beijo forte


Comentar post

*mais sobre mim

*pesquisar

 

*tradutor / tranlater

*posts recentes

* A noite

* Depois dos 50...

* A melodia do desejo…

* Lingerie para Sereias & n...

* Asfixia

* Oração das Mulheres Resol...

* Eternos

* O Primeiro Amor

* Voltar a trás...

* Sonhos?!

*arquivos

* Agosto 2013

* Maio 2011

* Abril 2011

* Agosto 2010

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

*tags

* todas as tags

*favoritos

* nem cornos, nem sacanas

*links

* Martini in the Morning

*Envenenados:


Contador Grátis

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Unported License.
blogs SAPO

*subscrever feeds