Quinta-feira, 19 de Maio de 2005

A três

atres.jpg

Ela aceitou a loucura, porque não!

Não perdia nem ganhava, era só mais uma!

Ele chegou, febril, mal entrou, quis agarrá-la, como era seu hábito!

Mas naquele dia estava mais louco, a saia plissada de menina da escola, as meias de elástico de mulher, as botas de salto alto fininho e aquelas pernas que ele tanto gostava!

Ela fugiu-lhe, rodopiou e a saia subiu, deixando-o mais louco ainda e fazendo subir com ela o que ele tinha de melhor!

Ele queria, poupar-se pois sabia o que o esperava, ele tinha pedido e o desejo tinha-lhe sido concedido, tal como nos contos de fadas!

Mas ele não sabia estar com ela sem lhe tocar, nunca soube desde o 1º dia!

Ela sentou-se e cruzou as pernas e ele, louco, completamente louco, descruzou-lhas, ajoelhou-se e... não, não rezou, ela não era santa...

Ele penetrou-a com os dedos, com a língua e assim ficaram até que a porta tocou...
Ela levantou-se e abriu a porta, a outra ela chegara.

Não se conheciam, mas era como se, se conhecessem, partilhavam uma coisa e hoje iam realmente partilhar, ela não sentia carinho, nem mesmo afecto por ele, por isso aceitara a partilha...

E porque não realizar um sonho que, à partida, ela sabia que alguém ia “sair sofrendo ou pelo menos não muito bem?!”

Não seria ela, avisara, mas ninguém a ouvira!

Foram as duas para a cozinha, uma fez caipirinhas, a outra conversou, ele ficou na sala sem saber exactamente como proceder, tinha o que queria e agora como podiam elas estar tão à vontade, como se, se conhecessem, vá-se lá entender as mulheres!!!

Voltaram para a sala, ele não bebia, elas beberam, conversaram, ele olhava e cada vez estava mais excitado, mas mais “à toa”....

Tocou numa ao de leve, passava-lhe com as mãos, como se nunca o tivesse feito, depois voltava-se para a outra e tocava-lhe como se ela fosse de vidro, a respiração estava acelerada, ele estava “doido”, as calças já quase não suportavam, mas elas intimidavam-no, não se atrevia!

Ele, que era sempre tão descarado, tão macho, tão “EU É QUE SEI!”...

Uma das elas levantou-se e foi arranjar mais bebida para as duas, aí ele agarrou a que ficara e não aguentando mais mergulhou o seu rosto entre as pernas e, mais uma vez penetrou-a com a língua e os dedos, olhou-a de soslaio, ela sorria, sabia bem o que ele queria, só lhe disse:

- Tem calma, ela vem já aí, já vais conseguir provocar o incêndio que queres!!!

E ela entrou... E sentou-se e ficou a olhar, a curiosidade era muita, nunca tinha visto, nunca tinha pensado ver, começou a excitar-se, não com ela, mas com ele...

E ele virou-se e desta vez mergulhou entre as pernas da outra ela!!!!!

Elas sorriram, embora fosse a 1ª vez para ambas, estavam tão à vontade como se fossem amigas e até mesmo amantes, embora não se fossem tocar, nem uma única vez, fora o único pedido de uma delas!!!!!!!!

E o ele e as elas, mergulharam num mar de carícias, de beijos, lambidelas e tudo o resto e ele, que era sempre tão apressado...!

Desta vez não teve pressa, e deixou-se levar, ele sabia que não ia sair dali tão cedo, elas não o iam deixar....

Uma das elas conhecia-o bem, bastante bem e como gosta de ver ter prazer, fez uma terrível maldade, juntou-os e estimulou-o de uma forma que ela sabia bem que ele gostava, queria, embora não admitisse, nunca!

Quando ele tentava vir para ela, ela não deixava, é tão bonito ver outra mulher gozar como ela raramente conseguia....

Ela gosta de dar prazer, de ver os outros terem prazer!

E assim se passou o dia com três corpos adultos, envolvidos num só, ele no fim de 3 “rodadas” fez o normal, o real....

Vestiu-se e foi-se... embora!

Elas, ahhhh, elas como boas mulheres que são, ficaram a conversar, a conhecer-se e isto durou até às 5.30h!!!!

No dia seguinte, ele ligou, feliz e contente e quis saber a que horas tinham saído lá de casa, a outra ela?!

Quando soube... ficou a “magicar”!

Como “bom” Homem, ninguém o convenceria que as duas não se envolveram, mas nenhuma delas afirmou ou desmentiu, porque motivo se havia de “destruir” o sonho de um Homem......................






Cicuta

publicado por Cicuta às 12:58
link do post | favorito
De cicutadoce a 20 de Maio de 2005 às 20:13
Troglodita 3 mulheres?? Boa, isso é que é vontade! Isto se eu entendi bem, tu e 3. boa sorte. Beijo salgado


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.


*mais sobre mim


* ver perfil

* seguir perfil

. 6 seguidores

*pesquisar

 

*posts recentes

* A noite

* Depois dos 50...

* A melodia do desejo…

* Lingerie para Sereias & n...

* Asfixia

* Oração das Mulheres Resol...

* Eternos

* O Primeiro Amor

* Voltar a trás...

* Sonhos?!

*arquivos

* Agosto 2013

* Maio 2011

* Abril 2011

* Agosto 2010

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2006

* Março 2006

* Fevereiro 2006

* Janeiro 2006

* Dezembro 2005

* Novembro 2005

* Outubro 2005

* Setembro 2005

* Agosto 2005

* Julho 2005

* Junho 2005

* Maio 2005

* Abril 2005

* Março 2005

* Fevereiro 2005

*tags

* todas as tags

*favoritos

* nem cornos, nem sacanas

*links

SAPO Blogs

*subscrever feeds